NOVOS HÁBITOS: CARNAVAL 2021

Autor*: Vitor Yukio Ninomiya

Após mais de um ano desde o registro do primeiro caso de contágio pelo novo coronavírus, na China, e próximos da data do aniversário da pandemia (26 de fevereiro de 2020), ainda não existem motivos para celebrar. Com cerca de 9,5 milhões de casos confirmados e mais de 230 mil mortes no Brasil, mesmo com o início da aplicação das vacinas (Coronavac e AstraZeneca-Oxford), apenas a covid-19 é quem acumula diariamente motivos para festejar.

Não é surpresa que o Carnaval 2021 tenha sido cancelado, não é mesmo? Falar sobre carnaval sem ao menos lembrar de uma aglomeração, por menor que seja, é tarefa impossível a qualquer um. Por isso, é preciso reforçar os novos hábitos voltados à prevenção para que o coronavírus não faça a festa com a nossa saúde. Nesse carnaval, a máscara deixou de ser apenas um acessório e passou a ser a peça fundamental e comum a todos nós. Sendo assim, para se manter informado e ptrotegido, acompanhe aqui as principais recomendações para o Carnaval 2021!

 

NATAL E ANO NOVO 2020: O CORONAVÍRUS FEZ A FESTA

Era apenas um rápido encontro no final do ano para matar a saudade dos familiares, então não teria problema, certo? Errado! Muitos pensaram dessa forma e colocaram seus familiares e amigos em risco. Não à toa, observamos o crescente número de casos (infectados e de óbitos) como resultado dessa escolha nesse passado tão recente.

Relembre aqui quais foram as recomendações da SES para o Natal e Ano Novo.

Tradicionalmente, as festas de Natal não costumam aglomerar uma quantidade tão grande de pessoas como no Ano Novo, mas nenhuma delas chegam nem perto do potencial de transmissão que o Carnaval possui. Por isso, mantenha os cuidados referentes à prevenção sempre em dia e não permita que a covid-19 faça mais uma festa com a nossa saúde.

Relembre aqui como se prevenir do coronavírus!

 

CARNAVAL “TÁ DIFERENTE”

O Carnaval de 2021 “tá diferente”, não é mesmo? Neste carnaval, o uso de máscara não é apenas simples acessório: o item é obrigatório sempre que for sair de casa. Com o cancelamento dos bloquinhos de rua e dos grandes shows característicos dessa época, por conta da pandemia, a opção que restou é o de curtir o evento dentro de casa e com muitas restrições.

Relembre aqui: Máscara de tecido, máscara cirúrgica e máscara N95: quando usá-las?

            Abaixo, as recomendações de como aproveitar o Carnaval com segurança:

  • Festeje somente com pessoas que convivem com você diariamente, na mesma residência;
  • Caso opte por celebrar com outras pessoas, faça isso de maneira virtual;
  • Higienize as mãos com álcool gel 70% por 20 a 30 segundos ou com água e sabão em água corrente por 40 a 60 segundos;
  • Faça a desinfecção de superfícies e objetos sempre que entrar em contato com algo suspeito;
  • Mantenha o distanciamento físico por, no mínimo, 4 metros quadrados;
  • Cubra a boca ao tossir ou espirrar, com a parte interna do braço ou com lenço.

Entenda aqui a importância do distanciamento social.

Relembre aqui: 17 perguntas sobre limpeza e desinfecção para prevenção da covid-19.

 Para o Carnaval, diferentemente das recomendações do Natal e do Ano Novo, não existe uma recomendação de como aproveitar essa data com pessoas que não moram com você. Muito pelo contrário, essa opção é altamente contraindicada pelo próprio perfil do evento: promover aglomeração, contato físico entre os convidados e o risco frequente de retirada das máscaras para consumo de bebidas e para gritar ou cantar. Além disso, vale lembrar que a recomendação sobre o distanciamento social é de, no mínimo, 4 metros quadrados entre uma pessoa e outra.

 

NOVOS HÁBITOS 2021, ANTIGOS HÁBITOS 2022

Para aqueles que curtem uma boa folia de carnaval, mas que sabem dos riscos que as aglomerações durante a pandemia podem trazer à saúde, as recomendações permanecem as mesmas. Num momento em que as vacinas já estão sendo aplicadas, somada à ideia de que muitos já se consideram imunes devido à infecção prévia, não podemos afrouxar as medidas de prevenção em momento algum. Além do fato de ainda não existir uma previsão para a conclusão da campanha de vacinação contra a covid-19, também vale lembrar que ela não impede a transmissão da doença, bem como ainda há chances de reinfecção tanto pelo conhecido SARS-CoV-2, quanto por suas variantes ainda pouco conhecidas.

Denuncie aqui: Coronavírus - Denúncia de Aglomeração de Pessoas em Local Público (Belo Horizonte)

Denuncie aqui: Coronavírus - Denúncia de Descumprimento por Estabelecimentos (Belo Horizonte)

Faça a sua parte no combate ao coronavírus: nesse carnaval, além do uso da máscara, da higienização das mãos e da desinfecção de superfícies e objetos, o destaque para esses dias é redobrar a atenção para fugir das aglomerações que, mesmo ilegais, podem acabar ocorrendo. E, sempre que possível, busque conscientizar o maior número de pessoas sobre os riscos dessa atitude.

 

© 2021 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.