VACINAÇÃO COVID-19: VARIANTE DELTA E AS VACINAS NO BRASIL

Autor*: Vitor Yukio Ninomiya

Apesar da sensação de que o surgimento da variante delta do coronavírus é algo recente, tendo em vista o volume de notícias nos últimos meses, esta variante já completa quase um ano de sua primeira detecção, em outubro de 2020. Essa mutação do vírus SARS-CoV-2, antes conhecida como “variante indiana”, agora é mais comumente reconhecida como “variante delta”

VACINAÇÃO COVID-19: SAIBA A IMPORTÂNCIA DA 2ª DOSE

Autor*: Vitor Yukio Ninomiya

Mesmo com a disponibildade de vacinas no Brasil e com a alta procura pelas vacinas no mundo todo, não é incomum ter ouvido falar sobre pessoas que receberam a primeira dose do imunizante e que não procuraram pela segunda dose. Com exceção da vacina da Janssen, que confere imunidade contra o coronavírus após 14 dias da única dose, as demais (Coronavac, AstraZeneca e Pfizer) precisam de uma segunda dose. 

VACINAÇÃO COVID-19: JANSSEN (Johnson & Johnson)

Autor*: Vitor Yukio Ninomiya

Com mais uma vacina chegando ao  Brasil, aos poucos vamos reduzindo as chances do coronavírus de se espalhar e contabilizar mais vítimas. No início deste ano, a compra de 38 milhões de doses da vacina Janssen já havia sido confirmada, mas a antecipação dos imunizantes certamente foi muito bem recebida. O destaque, no entanto, do imunizante “Ad26.COV2.S”,

VACINAÇÃO COVID-19: "COMIRNATY" (PFIZER-BIONTECH)

Autor*: Vitor Yukio Ninomiya

Entre as 14 vacinas aprovadas no mundo contra a COVID-19, chegou ao ao Brasil, em meados de abril, um milhão de doses do terceiro imunizante aprovado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Ao todo, serão entregues 100 milhões de doses da vacina “Comirnaty” produzida pela farmacêutica norte-americana Pfizer, em parceria com o laboratório de biotecnologia alemã BioNTech.


 

© 2021 SES - Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais. Desenvolvido pela Assessoria de Comunicação Social.